© 2019 por ABTX  Orgulhosamente criado por shark

me.da.lha   sf   Prêmio que, nos concursos, exposições ou competições esportivas, se confere aos #vencedores.

Numa competição esportiva é fácil identificar quem vence, são questões de minutos, segundos, décimos, centésimos, milésimos...
 
Mas, mais fácil ainda é distinguir entre perdedores e vencedores.
 
Onde estão os perdedores?
Perdedor é aquele que desiste.
Perdedor é quem acha que não consegue.
Perdedor é quem não tenta.
É quem senta e se lamenta.
 
E quem são os vencedores?
Vencedores são aqueles que cruzam a linha de chegada com os braços abertos.
Aqueles que saem da piscina com o sentimento de ter se doado.
Aqueles que cerram o punho ao conseguir o ponto decisivo no Tênis.
Aqueles que pedalam sem desistir até o fim.
Aqueles que vibram com a alma.
 
E, em nosso Time, só tivemos vencedores...
Tivemos quem caiu, se esfolou, e mesmo assim se levantou e terminou a prova.
Tivemos quem dominou a prova do início ao fim.
Quem não saiu na frente e se esforçou para recuperar-se durante a prova.
Quem achava que era uma zebra e depois descobriu que de zebra não tinha nada.
Quem teve que vencer a ansiedade na piscina e conseguir respirar para completar a prova.
Quem se entregou pelo time e colocou o Brasil, pela 1ª vez, em todas as provas de Revezamento do Atletismo e Natação sem nunca antes ter treinado em conjunto.
Quem se surpreendeu com os próprios resultados.
Quem bateu os recordes pessoais.
Quem competiu com limitações.
Quem se ajoelhou no chão e não acreditou no que tinha acabado de acontecer.
Quem se emocionou quando ouvia o nome sendo chamado ao pódio...
 
Realmente um time de vencedores que vibrou uns pelos outros... Ajudou ao próximo e se revelou um anjo mostrando suas asas que estavam ali escondidinhas.
 
Mas, para que estivéssemos juntos nesta competição, é imprescindível expressar aqui a #gratidão do Time a quem começou tudo isso há alguns anos: Haroldo, Dinael, Edson e Liège. Vocês foram os pioneiros... Quando começaram não tinham a dimensão do que poderia acontecer. Mas acho que hoje vocês conseguem saber que estavam trilhando o caminho na direção certa. Portanto, nosso MUITO OBRIGADO!
 
E afinal as medalhas importam? Numa competição, sim! E voltamos para o Brasil com a mala cheinha delas. 52 medalhas ao todo: 22 de Ouro, 18 de Prata e 12 de Bronze - 2º lugar geral no quadro de medalhas.
 
Então, enfim, oficialmente podemos anunciar: O TIME BRASIL ATLETAS TRANSPLANTADOS NASCEU!!!
 
A próxima parada? O Mundial: World Transplant Games. Newcastle Gateshead / UK que nos aguarde!

1/2