© 2019 por ABTX  Orgulhosamente criado por shark

 Relatório Falta Medicamentos - Imunossupressores

 2019

No mês de Janeiro 2019, tivemos um grande impacto por falta de imunossupressores, foram registrados no site ABTx – www.abtx.com.br 56 (cinquenta e seis) reclamações, geradas em 10 (dez) Estados. Observamos a falta em mais 3 (três) Estados, os quais não haviam sido impactados em 2018. (Alerta) O maior impacto foi registrado nos medicamentos que integram o Componente Especializado da Assistência Farmacêutica Grupo 1 A com 51 (cinquenta e uma) ocorrências. Estes medicamentos são financiados e adquiridos pelo Ministério da Saúde.

 

A responsabilidade de financiamento é atribuída ao Ministério da Saúde e sua aquisição ocorre de forma centralizada, ou seja, é realizada pelo próprio Ministério da Saúde e após são distribuídos aos Estados e Distrito Federal. Foram impactados os seguintes medicamentos: Micofenolato de sódio 360mg, Sirolimo 1mg e 2mg, Tacrolimo 1mg e 5mg, o maior impacto foi a falta de Tacrolimo que correspondeu a 62% das ocorrências registradas. Também tivemos impacto (bem menor/pontual) em 1 (um) medicamento que é Azatioprina com 5 (cinco) ocorrências. No entanto, este medicamento faz parte do grupo de medicamentos do Componente Especializado Financiado pelas Secretarias de Estado da Saúde para tratamento das doenças contempladas neste Componente. Este medicamento impactou apenas em 2 (dois) Estados, com atenção especial no Estado de Minas Gerais que teve 4 (quatro) ocorrências registradas.

 

Nossa preocupação é que os registros das ocorrências no GRUPO 1 A não são casos pontuais. A falta de medicamentos em vários Estados demonstram uma grande falha na cadeia de aquisição e distribuição. Fato este que também pode ser visto no histórico de ocorrências de 2018. (Convém observar que o início dos registros e divulgação da ferramenta ABTx foi feita em Julho 2018).

1/3